24.8.08

O que fiz em agosto...


O assassinato de um ministro bósnio.

Sem comentários: